18/08/2017 – REGINP participa de Fórum de Geração Distribuída de Energia no RS

18/08/2017 – REGINP participa de Fórum de Geração Distribuída de Energia no RS

IMG_7770-2 (1)

Evento realizado na FIERGS debateu as fontes renováveis

Legenda foto: Machado conversou com o público sobre as startups e o potencial de soluções e conexões com a indústria
Foto: Arquivo/Reginp

O atual presidente da Rede Gaúcha de Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos (Reginp) e o diretor de Inovação da Aelbra/Ulbra, Márcio Roberto Machado da Silva, palestrou nesta terca-feira, 15 de agosto, no I Fórum de Geração Distribuída de Energia com Fontes Renováveis no RS – Tecnologia e Inovação, na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS).

A discussão sobre a geração de energia pelos próprios consumidores residenciais, comerciais ou industriais é uma tendência cada vez mais crescente. Os números da Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD) comprovam isso. Ao ser fundada, há apenas dois anos, a entidade tinha 14 empresas associadas. Hoje, já são 350. A evolução deste mercado foi debatida durante o I Fórum de Geração Distribuída de Energia com Fontes Renováveis no RS — Tecnologia e Inovação. O diretor da FIERGS e coordenador do Grupo Temático de Energia do Conselho de Infraestrutura (Coinfra) da instituição, Edilson Luiz Deitos, destacou que o interesse pelo Fórum, com a participação de mais de 400 pessoas, comprova e antecipa uma tendência para o futuro em termos de geração distribuída de energia elétrica.

No painel sobre as startups e o potencial de soluções e conexões com a indústria em projetos de geração de energia a partir de fontes sustentáveis, o presidente da Rede Gaúcha de Incubadoras de Empresas e Parques Teconlógicos (Reginp), Márcio Machado, ressaltou que os parques tecnológicos trabalham muito conforme a demanda de pesquisa. “Se houver uma necessidade de pesquisa, recursos de investimento nessa área, eu tenho certeza que pesquisadores não faltarão nas universidades para se dedicarem ao tema. Esse é o papel do parque tecnológico, potencializar a pesquisa aplicada a um problema real para gerar inovação”, afirmou. No mesmo painel, participaram também os representantes da Nós Coworking, Arquea Biomass Energy, Serenai Inovação em Energia e Valencia Energia Sustentável.

O I Fórum de Geração Distribuída de Energia com Fontes Renováveis no RS foi uma promoção da FIERGS por meio dos Conselhos de Infraestrutura e de Inovação e Tecnologia (Citec) e do Instituto Senai de Tecnologia em Petróleo, Gás e Energia, do Governo do Estado e do Sebrae-RS.

Deise Martins
Jornalista MTb. 8.719
em Colaboração Assessoria FIERGS